Posts Tagged ‘Brincadeiras’

05/10/2012

Mais uma do Arthur.

Desta vez ele começou a dançar, observado pelos manos. Quando ele percebeu que estava agradando, aí sim que não parou.

O Lucas resolveu entrar na dança para acompanhar seu parceiro.

O detalhe é que não tinha música, ao fundo somente a risada do Gabriel, que se divertiu com as palhaçadas do maninho.

Adoro!

 

Anúncios

Domingo de sol

21/05/2012

Nosso domingo em imagens.

Este slideshow necessita de JavaScript.

E então, uma imagem vale ou não por mil palavras?!

 

Antes e Depois

24/01/2012

Janeiro/2011

Janeiro / 2012

Obrigada Papai do Céu por estar dando tudo certo. Sempre!

De que são feitos os meninos?

28/10/2011

De que feitos os meninos?
De que são feitos os meninos?
Rãs, caracóis, rabinhos pequeninos…
Disto são feitos os meninos!

De que são feitas as meninas?
De que são feitas as meninas?
açúcar, perfumes e outras coisas finas…
disto são feitas as meninas!

Coleção mundo da criança – Volume 1

Outro dia estavamos plantando umas flores no jardim lá em casa e encontrei uma minhoca.

Na hora lembrei deste poema que eu lia quando era criança e pensei “tenho que achá-lo. Será perfeito para o próximo post!”

Chamei os meninos para mostrar a minhoca e, como todos sabem, criança não tem medo nem nojo de nada (nós é que temos) e na hora já pegaram a minhoca.

Acharam o máximo a minhoca caminhando nas mãozinhas e nós fotografando, até que, na vez do Arthur mostrar o pobre bichinho (?) para a foto, aconteceu o já esperado!. Ele esticou tanto a pobre que ela partiu-se ao meio.

Olharam, ainda fascinados, aquelas duas minhocas. Como assim, duas? até pouco tempo era somente uma! Mas, como “as partes” não sobreviveram por muito tempo, logo a brincadeira acabou e partiram em busca de outras atrações.

P.S.1: o Gabriel chegou tarde demais, ficou literalmente de mãos abanando.

P.S.2: da próxima vez preciso me lembrar de limitar os movimentos de quem estiver posando para foto.

P.S.3: A Coleção Mundo da Criança acompanhou e encantou toda minha infância. Hoje em dia pode ser encontrada em multimídia para continuar a encantar nossos filhos, porém de forma adequada as expectativas do século.

Fica a dica!

Este slideshow necessita de JavaScript.

Arte na Parede

03/10/2011

A cada novo Post penso: desta vez vou conseguir manter uma rotina de atualizações que permitam registrar o crescimento dos Moleques. Mas não tenho conseguido, principalmente agora, com Facebook, onde tudo é mais instantâneo. Vou continuar tentando.

Outro dia comprei giz de cera e entreguei para cada um deles com suas folhas, como já fizemos em outros momentos. Só que desta vez foi diferente.

Os Moleques começaram muito bem, cada um desenhando na sua folha, até que os desenhos começaram a “escapar”. E aí, foi a minha vez de ser criança. Fiz uma coisa que antes mesmo de ter filhos já afirmava que faria.

Liberei um canto da brinquedoteca para ter as paredes desenhadas. Sentei e fiquei ali, só observando e me deliciando com as cenas que os pequenos me propiciaram.

Foi lindo de ver! Cada um já tem seu traço, um mais forte, outro mais tímido, espaçoso, suave e por aí vai.

Seriam os traços delineando as personalidades? Ou as personalidades determinando os traços? Ou simplesmente uma mãe boba viajando na arte dos seus filhos?

Seja como for, adorei, adoramos desenhar na parede.

Filhos, obrigada por realizarem mais esta vontade minha! Amo muito vocês. A cada dia mais.

OBS. As fotos não são muito boas, mas dá para ver como foi gostosa a brincadeira

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Bi Bi

01/08/2011

O trio se dá super bem e raramente tem briga em casa. São carinhosos e preocupados entre si.

Mas a admiração que o Arthur tem pelo mano Lucas é deliciosa de se observar.

Já tínhamos notado que o Arthur repete os gestos e atitudes do Lucas, então provoquei a seguinte situação.

Domingo de manhã.

Todos à mesa para tomarmos café. Viro para o Arthur e pergunto:

(Mamãe) – Tuco, se o mano Lucas chorar, o que você faz?

(Arthur) – Buáááá

(Mamãe) – E se o mano der risada?

(Arthur) – Há há há

(Mamãe) – Se o mano falar bola?

(Arthur) – Booo

(Mamãe) – Se o mano falar gol?

(Arthur) – Gooooooooooo

(Mamãe) – Se o mano falar pão?

(Arthur) – Pao

E por aí foi, até que mamãe pergunta:

E se o mano falar carro?

Arthur para, pensa e responde:

Bi bi!

Barney

07/07/2011

Amo vocês

Vocês me amam

Somos uma família feliz

Com um forte abraço

E um beijo te direi

Meu carinho é prá vocês

Os meninos gostam muito do Barney, em especial o Gabriel, que abraça o boneco e sorri, feliz.

As fotos da sequencia fiz esta semana, em mais uma noite muito fria, depois que os manos já haviam subido para dormir e ficamos, eu, o Gabriel e o Barney, curtindo um DVD (do Barney, é claro!)

 

 

 

Enquete

29/06/2011

Domingo Legal!

07/06/2011

O domingo começou cedo. Não eram 07 horas e já tinha bebe acordado. Até que tentamos com a Galinha Pintadinha, mas não rolou. Bom mesmo era brincar com a gente.

E assim foi. Brincamos, demos risada, aproveitamos e por volta de 08h30 descemos para tomar café. Misto quente para o Lucas e o Gabriel. Pão puro para o Arthur. Suco, queijo, para os manos. O Tuco, café puro. Calma gente! São somente duas ou três colheradas que ele toma. Mas tem que ser puro mesmo. Sem leite, sem açúcar, sem adoçante. Oh menino de gosto peculiar este! Para todos, bolinho de cenoura feito pela mamãe. Delícia!

Terminamos o café e os meninos foram para a rua com a Mamadi Fabi brincar. Enquanto eu arrumava a louça fiquei olhando-os pela janela e não pude deixar de agradecer, mais uma vez, a Deus pela existência e pela saúde do Trio.

Saímos para caminhar no condomínio e os meninos foram brincar na casa da Valentina, um doce de menina, de 01 ano e 09 meses que também mudou há pouco para lá.

Voltamos para casa para os manos almoçarem e tirarem uma sonequinha.

E assim começou um Domingo mais do que especial.

 

 

 

Obs. As fotos são autoria do Lucas.

Piscina

26/01/2011

Pois é, enquanto não mudamos para nossa casa, vamos nos virando do jeito que dá.

Porto Alegre, no verão, é conhecida como Forno Alegre. E este ano não tem sido diferente.

Então, como ainda estamos morando em apartamento, o jeito é improvisar.

Um dia desses, quando cheguei em casa, os meninos estavam enjoados de tanto calor. Não tive dúvidas, montei a piscinha deles dentro do box do banheiro. Não ficou muito bom, pois a piscina, além de ser redonda é maior que o box, que é retangular.

Mas ainda assim Arthur e Lucas se divertiram. O Gabriel não gostou. Para ele tem que ter espaço.

Lógico que o baheiro ficou praticamente inundado. Mas valeu a pena.

Então, no dia seguinte, um sábado escaldante, a Fabi teve a idéia de “armar o circo”, quer dizer, a piscina, na sala.

Os meninos adoraram, pois puderam se refrescar e brincar na água, assistindo HI5 – perfeito.

E assim vamos driblando a falta de espaço e o calor.