Archive for the ‘Qualidade X Quantidade’ Category

Pronto, falei!

07/01/2011

Amo ser mãe de trigêmeos!

Acho fantástica a relação que estabeleço com cada um de vocês.

É extremamente gratificante tudo, embora às vezes também seja cansativo.

Amo vocês meus filhos e não consigo imaginar minha vida diferente. Com menos gente, nem pensar! Com mais, quem sabe?!

Mas, a verdade é que sinto falta de poder curtir mais cada um de vocês, de dar a atenção que me pedem (ou que eu e minha culpa achamos que pedem), de poder apreciar cada descoberta, desenvolvimento. De realmente fazer parte do crescimento de vocês.

Enfim, queria MAIS TEMPO com todos e, principalmente, COM CADA UM DE VOCÊS.

Pronto, falei!

Anúncios

Velhos conceitos: quantidade X qualidade

28/11/2009

Como comentei em outro post, voltei a trabalhar e por este motivo estou demorando um pouco mais para atualizar o blog. 

A hora que chego em casa, coloco meu “uniforme de mãe” e aí a festa começa. Dedico meu tempo a cuidar, brincar, paparicar meus moleques, numa ânsia em recuperar o tempo em que estive longe deles.

Outro dia me peguei revendo velhos conceitos.

Antes de ser mãe, sempre defendi a idéia de que muito mais importante do que a quantidade de horas que os pais dedicam a seus filhos é a qualidade deste tempo.

Continuo achando fundamental a qualidade do tempo que dedicamos aos nossos filhos, porém hoje, mãe de trigêmeos, valorizo cada vez mais a quantidade de minutos disponíveis para meus meninos. Não abro mão de eu mesma dar o banhinho deles, cortar as unhas. As mamadeiras matinais, faço questão de deixar dadas antes de sair para o trabalho e se conseguir ainda deixar as fraldas trocadas, muito melhor. Claro que se os meninos estiverem dormindo, não irei acordá-los para satisfazer minhas vontades.

Outro dia me perguntaram: “você não cansa?” É claro que canso. Eu estaria subestimando a inteligência das pessoas se disesse que não. Mas, “Oh cansaço gostoso este!” E mais, quando se ama o que se faz, nada mais é trabalho.

E eu amo demais minha nova vida. Amo demais meus filhos. Muito obrigada por serem meus filhos.