Três Meses!

Já se passaram 03 meses desde o último post que escrevi. E não é por falta de novidade, pois os meninos andam a mil. Novidades e mais novidades.

Começaram na escola. Adaptaram-se super bem. Amadureceram. Aprenderam um montão de coisas legais. E mais um tanto de coisas não tão legais assim.

Estão mais parceiros ainda. Agora já podemos ir a quase todos os lugares, pois eles já aproveitam também. Quando eram menores, não saíamos muito, pois sempre achamos importante priorizar o bem estar deles.

Outro dia descobrimos um pula pula na orla do Guaíba (para quem é de Porto Alegre, em Ipanema). Visual mega especial, dia de sol, e o Trio feliz da vida aproveitando a brincadeira.

Teve a Páscoa, que este ano foi mais divertida, com caça ao ninho, patinhas pela casa, palha espalhada pelo chão e, como não poderia deixar de ser, chocolate e bala de goma no lugar do café da manhã. Especial. Diferente. E só uma vez ao ano, então, claro que pode. Até porque os meninos não são muito de doce. Então… liberado.

Muitas palavras novas. Muitas palavras trocadas. Lindo de ver. Adoro o resultado obtido quando eles falam com sílabas invertidas. Sai cada palavra mais difícil que só vendo! E sem falar quando ficam bravos porque não conseguimos entender o que querem dizer. Há há há. Só rindo mesmo.

O terceiro aninho está batendo na nossa porta e não coloquei nada do segundo aniversário ainda. Logo terão as fotos e comentários do terceiro ano. Pasmem! Os meninos já vão fazer 03 anos! E tudo atrasado.

Então, comecei a refletir sobre os motivos que me levaram a praticamente abandonar o blog. Dentre eles, claro, a falta de tempo, o cansaço, outras prioridades. Tudo que quem é mãe, e não precisa se de múltiplos, basta SER MÃE, sabe muito bem do que estou falando. E então, depois de muita resistência, “caiu minha ficha”.

Acredito que o principal motivo do meu afastamento do blog, além dos já citados, é claro, foi a diferença de desenvolvimento que começou a aparecer entre eles. Comecei a não escrever muito, pois a cada dia que passava, dois produziam muitas histórias e um, não.

No início pensei que era só o jeitinho dele. Mais quieto. Mais independente. Mas mesmo assim, saímos em busca de uma explicação. Uma resposta para a diferença, que até então (01 ano e meio mais ou menos) não existia. Pelo contrário. Ele sempre foi mais rápido. Engatinhou primeiro. Caminhou primeiro. Gostava de caminhar batendo palminhas e com um brinquedo na boca, fazendo gracinha.

Aí, de repente, começou a ficar “mais na dele”. A gente chamava e ele não respondia. Só respondia quando queria. Era só o jeitinho? Não sabíamos. Começaram os exames. Eletro, tomo, ressonância, potência evocado. E nada. Nenhuma alteração. Trocamos de neuro, que pediu novos exames, repetiu outros. E mais uma vez, nada.

Fizemos uma avaliação neuro psicológica e apareceu um atraso no desenvolvimento, principalmente na linguagem. Começamos com fono. Na seqüência, musicoterapia. Alguns avanços. Nada de linguagem.

Seguimos com as terapias. Buscamos e fugimos de um diagnóstico, pois ao mesmo tempo em que era preciso saber com o que estávamos lidando, permanecer sem saber nos enchia de esperanças de que tudo iria se normalizar rapidinho.

E então, no dia 23 de março de 2012, tivemos a confirmação de nossas suspeitas. Um dos meninos, o Gabriel, é autista. Foi um choque, embora já trabalhássemos com a hipótese mas ter a confirmação, confesso, me tirou do centro. Não sei se correto ou não, mas prefiro dizer que meu filho está autista e trabalhar para minimizar ou, quem sabe, eliminar as conseqüências do autismo.

Além da fono e da música, começamos com terapia ocupacional. Temos tido bons resultados. Excelentes avanços. A escolha da escola dos meninos não poderia ter sido mais apropriada, pois ele tem um ambiente de respeito e estímulo contínuos. Ele e todos os demais também.

Bom, acredito que após este post eu possa retomar a história dos Três Moleques, registrando esta fase maravilhosa que todos nós, que convivemos com eles, temos o privilégio de viver. Sempre respeitando as individualidades de cada um deles e buscando, incansavelmente, o desenvolvimento de todas as potencialidades que possuem.

Obrigada meu Deus por minha família, assim, exatamente como ela é.

Segue algumas fotos do pula pula.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anúncios

Tags:

5 Respostas to “Três Meses!”

  1. Fabiana Says:

    Lu, realmente o diagnóstico do Gabi nos tirou do centro sim, apesar de já suspeitar, mas o processo é assim mesmo, pois queremos que nossos filhos se tornem independentes e felizes e isto é o que mais nos preocupa. Mas, sempre tive uma grande certeza, que tudo irá dar certo e o Gabi já nos mostra isto. A minha vida mudou por completo depois que nasceu estes tres anjos, não sei como vivi antes, pois agora é só felicidade, aprendizado e muiiiiiiiito amor, um amor jamais vivido, só agora com eles. Te agradeço sempre e agradeço a Deus por ter nos abençoado com esta familia linda.
    Beijos.

  2. Marina Says:

    Pras crianças especiais sempre a mais especial das mães! E o Gabi não podia ser mais sortudo! Tem duas! E das melhores! Que saberão valorizar cada conquista e ver esperança na diferença! Ele não poderia desejar um lar com mais amor! Já estou com saudades de todos! Com amor, Mah

  3. 5filhos Says:

    OI LU! Nada nesse mundo acontece por acaso, Deus sabe de todas as coisas, só precisamos ter fé e confiar que tudo vai dar certo.
    Saudades de vc guria, vê se não some, beijão.

  4. melissa Says:

    Olha Lu força e fé!!! Seu lindo Gabriel tem a melhor família e vcs já estão dando o melhor suporte para que ele cresça feliz. Saudades de vcs e nos mantenham informados. Lembrem-se várias mães podem estar passando pelo mesmo problema…dividir é sempre bom.

  5. Mariana Says:

    Oi Lu!!!!
    Que saudades guria!!!!
    E que bom ter notícias de vcs!!!!
    Que bom que vcs diagnosticaram logo e já estão trabalhando com o Gabriel!!! Tenho certeza que tudo dará certo!!!!
    E isso tudosóprova que o Gabi é realmente uma criança muito especial!!
    Bjs,
    Mari

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: